Contador de Visitas

533564
Hoje103
Todos Dias533564

Twitter

Anúncios de Vagas

Artigo Bonus - Mudanças Nova Lei das SA PDF Imprimir E-mail
CPC – e orientação ,TD>Resultado do Exercício Futuro Não existe mais

Estrutura do PL

Capital Social

(-) Gastos com emissão de ações CPC 08

Reserva de Capital

Opções outorgadas Reconhecidas CPC 10

Outros Resultados Abrangentes (+ou -) ajuste Avaliação Patrimonial CPC 38 (+ou-) ajuste acumulado de conversão CPC 02

Reservas de Lucros

Reserva para Distribuição futura par 3 art. 176

Reserva para Capitalização Futura

Reservas de Incentivos Fiscais

Dividendo Adicional Proposto

Ajuste Avaliação patrimonial

(-)Ações em tesouraria

(-) Prejuízo Acumulado

Lucro Acumulado -(opcional só para Ltda/Resolução CFC 1157/09 item 115) ======================================================================================================

Obs:

1- Os novos critérios terão que ser adotados por todos sem exceção, conforme Resolução CFC 1255/09

2- Para a Receita Federal manter contabilidade separada das novas regras, no LALUR manter as regras antigas (Parecer Normativo 01)

3- Empresas de capital aberto (independente do faturamento ou total do ativo) e empresas que faturam acima de Art. 3o Aplicam-se às sociedades de grande porte, ainda que não constituídas sob a forma de sociedades por ações, as disposições da

Lei nº 6.404, de 15 de dezembro de 1976, sobre escrituração e elaboração de demonstrações financeiras e a obrigatoriedade de auditoria independente por auditor registrado na Comissão de Valores Mobiliários.

Parágrafo único. Considera-se de grande porte, para os fins exclusivos desta Lei, a sociedade ou conjunto de sociedades sob controle comum que tiver, no exercício social anterior, ativo total superior a R$ 240.000.000,00 (duzentos e quarenta milhões de reais) ou receita bruta anual superior a R$ 300.000.000,00 (trezentos milhões de reais).

4 – Esclarecemos que todos estão obrigados a estarem adaptados às novas regras contábeis, porém cabe ressaltar que os itens opcionais ou recomendáveis são obrigatórios somente para as empresas enquadradas no item (3


Sex, 30 de Dezembro de 2011 15:29
Índice do Artigo
Artigo Bonus
Mudanças Nova Lei das SA
MATERIA SOBRE SPED FISCAL - PERGUNTAS FREQUENTES SOBRE O TEMA
Todas as Páginas
Personal Contador Ltda Material elaborado pela Personal Contador Ltda, todos os direitos reservados a esta instituição Lei 6404/76 - antes Lei 11638/2007 – depois
PDD – Provisao para Devedores Duvidosos Perdas Incorridas de Credito de Liquidação Duvidosa CPC 01 (R1)
Juros a Transcorrer – AVP Ajuste a Valor Presente CPC 12 – Os elementos do Ativo e do Passivo Decorrente de Operações de Longo Prazo serão ajustados a Valor Presente, sendo os demais (curto prazo) ajustados quando houver efeito relevante (arts.183) Não aplicamos o AVP sobre: tributos diferidos sobre o lucro – Operações com BNDES – Operações sem prazo entre as partes - contrato de Mutuos entre as partes relacionadas (ligadas) - Não é recomendável ao REFIS – não efetuar o AVP para o ICMS
Perda Estimada do Estoque CPC 16 (R1)
Redução Estimada de Ativo Mantido para Venda CPC 31 – Ativo Não Circulante Mantido para venda
Ativo fiscal Diferido Temporário CPC 32
Ativo Fiscal Diferido Prejuízo Fiscal CPC 32
Ativo Circulante Mantém – Ativo Circulante
Realizável a longo Prazo Ativo Não Circulante
Passivo Circulante Mantém – Passivo Circulante
Exigível a Longo Prazo Passivo Não Circulante
Reserva de Reavaliação Não existe mais
Lucros Acumulados Opcionalmente apenas para empresas LTDA que não estão obrigadas à Auditorias Externas CVM 59/1986 e Resolução 1157/09 e 1159/09 IMOBILIZADO – Depreciação seguindo as taxas da Receita Federal -Utilizar taxa contábil de depreciação (com suporte de laudo especializado_ CPC 27 e resolução CFC 1177/2009 -AVP – caso houver -Valor depreciável do Bem (levantar valor real do bem na data de sua venda para em cima deste valor realizar a depreciação) -Custo atribuído – Reavaliação (Este novo valor só poderá acontecer mediante laudo de pessoa qualificada e ainda -Leasing Operacional – Continua sendo escriturado como antes -Leasing financeiro – a parcela que jogávamos em despesa agora é lançada contra ativo depreciação -BENS DE TERCEIROS- deverá contar no imobilizado (exemplo o terreno da Fornac que está em nome de terceiros) -Bens mútuos – exemplo modelos DFC – obrigatório Notas Explicativas - obrigatório Provisões Não existe mais este termo, exceto quando o mesmo se tratar de valores e prazos incertos CPC 25 Percentual coligada ou controlada Considera-se influcencia significativa quando a investidora for titular de 20% ou mais do capital votante da investida, sem controla-la ou possua poder de decisão. Art.37 Lei 11941/2009 e art 243 paragrafos 4 e 5 d a Lei 6404/1976> Duplicatas descontadas – redutora do ativo Duplicatas descontadas – figura no passivo CPC 38 Reserva de Incentivo Fiscal – figura no PL CPC 07(R1) Receitas e despesas não operacionais Esta nomenclatura (não operacional) não é usada mais Na DRE – Demonstração Resultado Exercício – colocávamos a Receita Bruta e os impostos incidentes sobre a venda -Lei S.A art 187 Rec. Bruta. -CPC 26 e 30 admite iniciar com receita liquida -A RB e impostos em nota explicativa CPC 26 e CPC 30
Última atualização em Sex, 07 de Dezembro de 2012 18:39